Páginas

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012



(...) para além disto, resolvi falar porque há males que vêm por bem, e este mal veio fazer-me crescer. fartei-me de ser ingénua, de perdoar as coisas que não tinham perdão, e quem perdeu não fui eu, só ganhei. porque um dia eu ia precisar a sério e iria ficar assim como hoje, eu e o meu papel. hoje foi o fim e o principio. o fim do sofrimento e o principio de uma nova era, uma nova pessoa. a partir de hoje vou encontrar pessoas que não me queiram ver sempre a chorar, e claro, aqueles que ainda ficaram, obrigado, cada vez vos dou mais valor. as palavras voam, o orgulho de escrever continua.  



Sem comentários:

Enviar um comentário